Quinta-feira, 2 de Abril de 2009

Pesquisa analisa perfil do consumidor de telefonia móvel das classes D e E

Estudo da Ipsos mostra que consumidores dessas classes sociais têm aparelhos pré-pagos compartilhados com outras pessoas. Uma pesquisa realizada pela consultoria Ipsos, em parceria com a Ericsson, identificou que a característica predominante do uso do celular nas classes D e E é de aparelhos pré-pagos, sem acesso à internet, compartilhado com outras pessoas e que basicamente são usados para fazer e receber chamadas e/ou mensagens de texto.

A pesquisa quantitativa – com 700 entrevistas pessoais – foi realizada por meio de questionário estruturado e com abrangência nacional das classes D e E. O objetivo do estudo, segundo a fabricante de equipamentos de telecomunicações, tem o objetivo de auxiliar as operadoras a desenvolver produtos específicos para cada público-alvo. Segundo o estudo, o celular acaba sendo a porta para a inclusão dessas pessoas no mundo moderno, ainda que elas não façam questão de usufruir todas as funcionalidades disponíveis, pois têm pouca familiaridade com outros serviços e funcionalidades.

A análise mostra que 45% dos participantes do estudo possuem celular e 54% já usaram um aparelho do tipo. A telefonia fixa tem 12% de penetração entre os respondentes. De acordo com a pesquisa, 65,6% levam pelo menos cinco anos para trocar de terminal, devido à baixa renda e ao desconhecimento das inovações tecnológicas.

A penetração de computador e internet no domicílio ainda é baixa: 6% têm acesso a computador e 3% à internet. Apesar disso, 31% já usaram um computador e 25% já acessaram a internet. Este número sobe para 81% entre as pessoas que já usaram computador. A principal barreira para o uso do computador é a posse do PC, devido à falta de renda para adquirir um micro.

Fonte: Computer World.____________________________________________________________________
Este texto pode ser copiado, distribuído, reproduzido, transmitido ou publicado em outros sites desde que mantidas as mesmas referências ao autor e à este Portal (www.PesquisadorModerno.com.br)