Segunda-feira, 2 de Março de 2009

Animais de estimação motivam fumantes a deixar o vício

Uma nova pesquisa sugere que donos de animais de estimação sem interesse em parar de fumar podem ser motivados a fazê-lo quando são informados de que a fumaça de segunda mão pode prejudicar seus bichos.

"Os donos de animais de estimação nos EUA são muito devotados a eles", escreveram os pesquisadores, liderados pela doutora Sharon Milberger, do Sistema de Saúde Henry Ford em Michigan. O estudo aparece na Tobacco Control.


A fumaça de segunda mão tem sido associada a uma série de problemas em animais domésticos, incluindo linfomas em gatos e cânceres nasais e pulmonares em animais, segundo os pesquisadores. Efeitos nocivos também foram encontrados em aves domésticas.

Para o estudo, eles conduziram uma pesquisa online durante seis meses que obteve respostas de 3.293 donos de animais de estimação, a maioria de Michigan. A pesquisa foi divulgada, entre outros lugares, em pet shops e na Michigan Humane Society. Ao todo, a pesquisa descobriu que 27% dos pesquisados tinham ao menos um fumante em casa.

Entre esses fumantes, 28% disseram que saber que estavam colocando a vida de seus animais em risco os faria tentar parar, e cerca 19% proibiriam o fumo em casa. Houve um interesse de 40% por informações sobre fumo e como largar o vício.

As descobertas significam que os militantes antitabagistas talvez queiram abordar fumantes em clínicas veterinárias, pet shops e similares. "Essa nova fonte de motivação pode ser particularmente forte entre os fumantes que, sem contar suas companhias animais, vivem sozinhos", disse o estudo.

Fonte: Terra___________________________________________________________
Este texto pode ser copiado, distribuído, reproduzido, transmitido ou publicado em outros sites desde que mantidas as mesmas referências ao autor e à este Portal (www.PesquisadorModerno.com.br)