Segunda-feira, 13 de Outubro de 2008

Entrevista com a empresa CPqD avaliação 180°

Há 32 anos atuando em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), o CPqD é um dos principais fornecedores de sistemas para suporte a operações e negócios, tecnologias de produtos, serviços laboratoriais e consultorias. Emprega cerca de 1.200 profissionais altamente capacitados e está presente com suas soluções em países da América do Norte, América do Sul, África e Oceania. No Brasil o CPqD beneficia milhões de pessoas da sociedade com a aplicação das tecnologias que desenvolve e clientes dos setores de telecomunicações, corporativo, financeiro, de energia e governamental.
Em entrevista ao blog Pesquisador Moderno, a coordenadora de pesquisa de mercado, Maria Angela Plessmann e a administradora de Recursos Humanos, Raquel Pieroni falam sobre a importância da realização de pesquisas para a identificação de oportunidades. Elas também destacam a necessidade de avaliações internas para atender aos objetivos da empresa e crescer no segmento.


Pesquisador Moderno – Quais são os serviços prestados pelo CPqD?
Maria Angela Plessmann - Trabalhamos na geração, exploração e difusão de tecnologias que aceleram a integração de pessoas, empresas e instituições. Para tanto, atuamos em diversas áreas, desenvolvendo soluções personalizadas, suprindo as necessidades de organizações de diferentes setores da economia, como operadoras de telefonia fixa e celulares, empresas do setor público, de energia, de finanças e grandes corporações privadas. As soluções do CPqD em Sistemas de Software, Serviços Tecnológicos e Tecnologia de Produtos se aplicam a Operações e Negócios, Serviços e Aplicações, Redes de Telecomunicações, Wireless, Comunicações Ópticas, Calibrações, Certificações e Ensaios.

Pesquisador Moderno – Recentemente, o CPqD realizou a avaliação 180° em suas diretorias. Como este método influencia no alcance dos objetivos da empresa?
Raquel Pieroni - A avaliação 180° é o instrumento legítimo e efetivo de identificação dos aspectos positivos e daqueles que devem ser aprimorados no exercício da liderança, sob a ótica dos liderados, uma vez que todos os líderes são avaliados pelos integrantes de sua equipe. Como no CPqD o papel da liderança é obter resultados e atingir objetivos através das pessoas, respeitando-se nosso Código de Conduta, certamente este tipo de feedback contribuirá para o desenvolvimento pessoal e profissional desses líderes, refletindo positivamente para o cumprimento dos objetivos corporativos.

Pesquisador Moderno - Com base no relatório de análise, quais informações sobre o comportamento e atitude dos líderes podem ser localizadas? Como isso se aplicou no case do CPqD?
Raquel Pieroni - É possível mapear a atuação de toda a cadeia gerencial do CPqD naqueles grupos de atributos que consideramos essenciais ao desempenho da boa liderança: visão de futuro, obtenção de resultados, comunicação, entusiasmo e agente de mudanças. Analisando os resultados das questões referentes a cada grupo desses atributos podemos trabalhar aspectos específicos para o desenvolvimento continuado da liderança.

Pesquisador Moderno - Que evidências ficam claras quando os líderes são analisados em suas competências individuais?
Raquel Pieroni - Para a liderança, essa é uma grande oportunidade de conhecimento, pois é a equipe com a qual ele convive no dia-a-dia que vai sinalizar, com propriedade, os pontos positivos e aqueles que devem ser melhorados no seu desempenho.

Pesquisador Moderno - Durante a aplicação da pesquisa, o CPqD contratou um serviço de tecnologia de ponta para aplicar, coletar e processar os resultados em tempo real. Como a tecnologia auxiliou na pesquisa?
Maria Angela Plessmann - Há muito tempo realizamos nossas pesquisas por meio eletrônico, mas o software QuestManager possui facilidades que a ferramenta que já utilizamos não possui. Por exemplo, nessa avaliação 180°, conseguimos enviar automaticamente um e-mail nominal para cada participante, e, ao acessar o questionário, já aparecia o nome do respectivo líder que deveria ser avaliado, facilitando dessa forma o controle da amostra.

A equipe da DomusTec nos ajudou na formatação do questionário, no envio e controle da amostra e na elaboração dos gráficos com os resultados. Em função de ser o primeiro projeto do CPqD feito com o QuestManager, tivemos que alinhar alguns pontos, e, nesse sentido, a equipe de suporte foi extremante atenciosa e prestativa, atendendo plenamente às nossas necessidades. Inegavelmente, contar com uma empresa especializada nesta área facilitou e agregou valor ao nosso trabalho.

Pesquisador Moderno – Então, quais atributos podem ser considerados importantes para o case de sucesso entre esta parceria CPqD e QuestManager?
Maria Angela Plessmann - Acreditamos ter sido a qualidade do atendimento o principal fator para o sucesso desse relacionamento. A equipe da DomusTec que nos auxiliou demonstrou sempre boa vontade e empenho para atender com agilidade às nossas solicitações, sendo que, algumas vezes, chegou a superar as nossas expectativas.

Pesquisador Moderno - A pesquisa teve um retorno de respostas de 67,8%. Esse número estava dentro do esperado?
Raquel Pieroni - Não podemos esquecer que essa foi a primeira vez que aplicamos esse tipo de avaliação no CPqD e, embora um retorno de 67,8% seja aceitável para uma pesquisa desse tipo, nossa expectativa era atingir um índice maior. Acreditamos que o crescimento na participação da avaliação ocorrerá à medida que esta cultura de feedback se consolidar na organização, mas, para isso, é imprescindível mantermos a credibilidade do processo, evidenciando para a comunidade CPqD as conseqüências desta avaliação, ou seja, as ações que serão tomadas a partir dos resultados obtidos.

Pesquisador Moderno – A empresa aposta na realização de pesquisa por e-mail como meio de despertar o interesse na participação?
Maria Angela Plessmann - Certamente, a pesquisa por e-mail é mais fácil de ser aplicada, se considerarmos a facilidade de acesso, a rapidez no preenchimento e outros aspectos nos quais a tecnologia nos suporta. No entanto, nesse tipo de avaliação, a adesão depende muito mais da abordagem e da confiança que o respondente sentir no processo do que da ferramenta em si, pois a pessoa estará expondo opiniões sobre a sua liderança imediata. Nesse caso, o mais importante é garantir o sigilo das informações, provendo condições para que os respondentes se sintam tranqüilos em contribuir. Ao terceirizarmos a aplicação da avaliação 180° com a DomusTec, acreditamos que conseguimos proporcionar essa segurança aos respondentes.____________________________________________________________________
Este texto pode ser copiado, distribuído, reproduzido, transmitido ou publicado em outros sites desde que mantidas as mesmas referências ao autor e à este Portal (www.PesquisadorModerno.com.br)

Leia mais!

Quarta-feira, 8 de Outubro de 2008

GfK ganha mais um prêmio este ano: o ESOMAR Excellence Award

Após ter sido honrada com os dois prêmios do Congresso da ABEP deste ano, a GfK recebeu o prêmio Excellence Award 2007/ 2008 da ESOMAR, anunciado durante o 61º Congresso Anual, que ocorreu em Montreal, no Canadá, do dia 22 a 25 de setembro. O prêmio consagra o melhor paper apresentado em todos os eventos da ESOMAR em 2007 e 2008. Os ganhadores foram Phyllis Macfarlane e Mike Cooke da GfK NOP da Inglaterra, pelo paper “Training the next generation: It´s market research, but not as we know it”, que foi apresentado durante o Congresso de 2007 e levou o prêmio de Best Case History no ano passado.
“Training the next generation” traz uma nova abordagem de ensino e treinamento de novos profissionais de pesquisa, contribuindo assim para o surgimento de novos talentos e para o desenvolvimento e inovação em Pesquisa de Mercado. No case apresentado, o ensino/ treinamento deixa de ser uma via de mão única onde os especialistas emitem o conhecimento e os novos profissionais recebem e assimilam, e passa a ter uma abordagem de compartilhamento e criação colaborativa, através da Web 2.0. Hierarquias horizontais possibilitam novas idéias, criatividade e intercâmbio rápido e aberto. Este modelo estaria mais alinhado com a sociedade atual das chamadas mídias sociais – blogs, Facebook, Orkut, My Space, Twitter, You Tube, Wikipedia, etc.
Além da premiação, a GfK participou do Congresso deste ano com três apresentações, tendo uma delas sido indicada para o prêmio de Best Case History do Congresso deste ano.____________________________________________________________________
Este texto pode ser copiado, distribuído, reproduzido, transmitido ou publicado em outros sites desde que mantidas as mesmas referências ao autor e à este Portal (www.PesquisadorModerno.com.br)
Leia mais!