Terça-feira, 12 de Agosto de 2008

Pesquisa de mercado aponta interesse em atuar no Brasil

Boas expectativas econômicas e um alto valor agregado ao currículo pela realização de um MBA no exterior são os principais motivos que fazem com que brasileiros retorne ao país logo após o término do curso. De acordo com a pesquisa realizada pela GNext Talent Search 61% dos alunos que fazem MBA’s no EUA pretendem retornar ao Brasil após a conclusão do curso. Aliar crescimento e satisfação profissional com realização pessoal faz com que 48% dos entrevistados se interessem em voltar para o Brasil. Já 8% não querem voltar ao país, pois desejam aquisição de cultura além de relatarem questões pessoais.

O levantamento foi realizado por Denise Barreto, diretora da GNext, e pela Consultora Juliana de Lacerda, durante o mês de novembro de 2007. A equipe entrevistou 49 alunos - num universo de 100 - de conceituadas escolas de negócios dos EUA (de acordo com o ranking do Financial Times 2007).

A amostra foi definida de acordo com a disponibilidade dos indivíduos identificados numa pesquisa quantitativa primária. “Tivemos como principal objetivo a observação do perfil do aluno brasileiro que optou por realizar um curso de MBA no exterior”, explica Denise.A executiva conta que a pesquisa apontou características relevantes dos perfis desses jovens profissionais com alto potencial de desenvolvimento.

“Primeiro, por exemplo, podemos citar o fato de que 92% dos entrevistados que responderam à pesquisa estão na faixa etária de 25 a 32 anos e 79% na faixa dos 28 a 32 anos. Ou seja, são ainda bastante jovens, ocupam posições de Analistas ou mesmo de Gerentes ainda juniores, e contam com o MBA com um fator de possível aceleração de carreira”, afirma.“Outro fator importante para análise é que 63% dos pesquisados vieram de escolas de graduação públicas, o que nos leva a concluir que as escolas públicas ainda apresentam formação diferenciada se comparadas com as privadas.

Geralmente, nos processos seletivos dos cursos de MBA do exterior, as escolas públicas têm grande prestígio e, por isso, peso maior na classificação”, avalia.Quando questionados sobre como avaliam o curso de MBA no exterior, 100% dos consultados consideram um MBA no exterior de maior valor para a carreira se comparado com um curso de negócios em instituições nacionais. Entre os motivos, os alunos apontaram a credibilidade desses MBA’s no mercado de trabalho brasileiro e a rede de relações estabelecida durante o curso.

Fonte: Portal dos Administradores
____________________________________________________________________
Este texto pode ser copiado, distribuído, reproduzido, transmitido ou publicado em outros sites desde que mantidas as mesmas referências ao autor e à este Portal (www.PesquisadorModerno.com.br)

Marcadores: